Maria Inês Fonte e Matilde Jorge entram a todo o gás no Campeonato Nacional de Juniores

Cirilo Vale/AT Porto

Uma semana depois de irem a jogo na semana que assinalou o regresso do circuito internacional, Maria Inês Fonte e Matilde Jorge estrearam-se com vitórias no quadro principal de singulares do Campeonato Nacional Individual de sub 18, que se joga até ao próximo sábado no Lousada Ténis Atlântico.

À procura do título que lhe falta no circuito juvenil (foi campeã nacional de sub 12 em 2014, de sub 14 em 2015 e de sub 16 em 2017), Maria Inês Fonte confirmou o estatuto de primeira cabeça de série e derrotou a qualifier Eva Vieira (número 53 nacional) por 6-0 e 6-0.

Na segunda eliminatória, a maiata — que também já esteve perto de conquistar o Campeonato Nacional Absoluto (terminou como vice-campeã em 2018, um ano depois de ter ganho em pares) — vai enfrentar Joana Índio, que superou Micaela Para por 6-2 e 6-1.

Na metade inferior do quadro, Matilde Jorge também superou com sucesso — e de forma bem autoritária — o primeiro desafio da semana. Dias depois de ter garantido a estreia no ranking do circuito mundial feminino, a vimaranense, campeã em título nos escalões de sub 16 e sub 18, aplicou os parciais de 6-1 e 6-0 a Adriana Pellizzari (do Clube de Ténis de Loulé e 38.ª do ranking de sub 18) para chegar à segunda ronda, onde a espera Matilde Agra (6-4 e 6-2 a Marta Rutkowski num duelo de qualifiers).

De resto, a jornada desta segunda-feira no quadro feminino fez-se quase exclusivamente de vitórias em parciais diretos, com Sofia Pinto (vice-campeã em 2019) a vencer Catarina Moreira por 6-1 e 6-1 e Mafalda Guedes a superar Ana Pinto por 6-0 e 6-1.

As exceções foram assinadas por Beatriz Paciletti da Costa, que esteve quase quatro horas em campo para superar Débora Madile (por 4-6, 7-5 e 6-4) e Maria Santos, que venceu a atual bicampeã nacional de sub 14, Lena Couto, pelos parciais de 6-0, 4-6 e 6-2.

Femininos - SUB18 (CN) (Quadro Principal)
Total
4
Shares
Total
4
Share