João Sousa lidera comitiva de luxo para o primeiro torneio do Circuito Sénior FPT

Fernando Correia/Millennium Estoril Open

O ténis está de volta e em grande plano: a primeira de três etapas do novo Circuito Sénior FPT, que arranca na próxima segunda-feira (22 de junho) nos courts da Vale do Lobo Tennis Academy, em Loulé, vai contar com a presença de todos os melhores tenistas portugueses.

A lista de inscritos é encabeçada por João Sousa, o número um nacional e atual 66.º classificado no ranking mundial masculino, que assim regressa à atividade em Portugal e confirma a hipótese que também já tinha referido na Grande Entrevista ao Raquetc. Será a primeira vez que o vimaranense disputa uma prova do calendário nacional desde que se sagrou campeão nacional absoluto, em novembro de 2017.

No quadro masculino estão igualmente inscritos Pedro Sousa (110.º), João Domingues (152.º), Frederico Silva (193.º), Gonçalo Oliveira (278.º) e Gastão Elias (532.º), que também vão aproveitar o lançamento do novo circuito da Federação Portuguesa de Ténis para competirem pela primeira vez desde que os circuitos internacionais foram suspensos, a meio do mês de março, devido à pandemia de Covid-19.

Na competição feminina também vão estar presentes as melhores jogadoras portuguesas da atualidade, com destaque para a tricampeã nacional absoluta, Francisca Jorge (579.ª WTA), seguida de Inês Murta (645.ª), Maria Inês Fonte (912.ª), Ana Filipa Santos (1141.ª) e Matilde Jorge, todas jogadoras que já representaram Portugal na Fed Cup.

Para Vasco Costa, presidente da Federação Portuguesa de Ténis, “é uma emoção única poder finalmente ver os melhores jogadores portugueses de regresso aos courts nacionais. Foi uma paragem muito longa, cheia de grandes incertezas, mas que agora culmina no novo Circuito Sénior FPT, que é efetivamente um balão de oxigénio para jogadores que estão habituados ao ritmo da alta competição”.

Sobre a retoma da atividade, o dirigente acrescenta ainda que “a FPT tem vindo a implementar, com grande sucesso, cada uma das quatro fases da retoma da atividade que definimos por forma a minimizar o impacto do novo coronavírus. O feedback que temos dos atletas, profissionais e amadores é de grande satisfação por poderem voltar a jogar ténis, e isso é o mais importante para a Federação”.

As três etapas do Circuito Sénior FPT distribuem um total de 45 mil euros em prémios monetários e serão disputadas no sistema de round-robin, com quatro grupos de três tenistas e os vencedores a avançarem para as meias-finais. Os quadros principais terão 12 jogadores (6 entradas diretas, 4 qualificados e 2 convidados), enquanto os quadros de qualificação terão lugar para 32 jogadores e 16 jogadoras.

Da Vale do Lobo Tennis Academy, o Circuito Sénior FPT seguirá para o Lisboa Racket Centre (29 de junho a 5 de julho) e o Tennis Club da Figueira da Foz (6 a 12 de julho), culminando na realização do Campeonato Nacional Absoluto/Taça Guilherme Pinto Basto, de 13 a 19 de julho no Complexo Desportivo do Monte Aventino, no Porto, e dotado de um prize-money de 20.000 euros.

As quatro semanas consecutivas de ténis ao mais alto nível em Portugal vão ser transmitidas em direto nos canais Sport TV.

Total
33
Shares
Total
33
Share