João Sousa admite jogar torneios em Portugal: “É uma ótima iniciativa e está em cima da mesa”

Belarus Tennis

Com o circuito internacional suspenso até 31 de julho, João Sousa está a considerar a hipótese de participar num dos torneios organizados pela Federação Portuguesa de Ténis (FPT), que reservou um total de 45 mil euros para os três eventos “especiais”.

O cenário foi adiantado pelo tenista vimaranense na Grande Entrevista que celebra o 10.º aniversário do Raquetc: “Já tive reuniões com o Vasco Costa [Presidente da FPT] acerca disso e existe sempre a hipótese de o fazer. Também há outras coisas em cima da mesa e que eu tenho de valorizar para perceber o que é que é melhor para mim, não só em termos competitivos, mas também monetários, mas sim, (os torneios da Federação) estão em cima da mesa.”

Sem competir desde que a ATP, a WTA e a ITF anunciaram a suspensão dos circuitos internacionais na primeira quinzena do mês de março, João Sousa considera que os novos eventos anunciados para o território nacional são “uma ótima iniciativa da Federação para dar algum ritmo e competição aos profissionais.”

A decisão do número um português será tomada “nas próximas semanas”, estando a primeira etapa dos novos torneios marcada para Vale do Lobo: será de 22 a 28 de junho, seguida de passagens por Lisboa (29 de junho a 5 de julho) e Figueira da Foz (6 e 12 de julho).

As três semanas “improvisadas” pela Federação Portuguesa de Ténis culminam no Campeonato Nacional Absoluto, que foi antecipado para contar com a presença dos melhores tenistas do país. A prova rainha do calendário nacional foi precisamente o último torneio do circuito FPT que João Sousa disputou, em novembro de 2017.

Total
9
Shares
Total
9
Share