Ténis entra na Fase 4: torneios regressam a 8 de junho, courts cobertos já na próxima semana

Beatriz Ruivo/FPT

A Federação Portuguesa de Ténis (FPT) anunciou, este sábado, a entrada na Fase 4 do Plano de Retoma da Atividade a partir de segunda-feira, 1 de junho.

Na sequência da Resolução do Conselho de Ministros e tendo em conta as orientações dadas pela Direção Geral de Saúde, a FPT passará a permitir “a utilização de campos de ténis totalmente fechados para treinos e alugueres de atletas federados”, bem como “a abertura de aulas de grupo sem a limitação de 5 jogadores”.

Quer uma, quer outra medida entram em vigor já a partir de segunda-feira, mas o principal destaque da comunicação deste sábado recai no regresso dos torneios: a partir de dia 8 de junho serão retomadas as provas nacionais inscritas no calendário oficial de provas, uma decisão que vai de encontro à entrada na Fase 4 do Plano de Retoma da Atividade, divulgado inicialmente a 20 de abril.

Apesar do regresso aos treinos e alugueres em courts cobertos ser permitido a jogadores federados já a partir de segunda-feira, as provas marcadas a partir do dia 8 de junho terão de ser jogadas ou em courts ao ar livre, ou em courts com cobertura (“courts não totalmente fechados”).

Ainda não há novidades em relação aos três torneios especiais (com um prize money “superior ao habitual”) anunciados como resposta à paralisação dos circuitos internacionais devido à pandemia do novo coronavírus, mas o Raquetc sabe que a Federação Portuguesa de Ténis aguarda pelo anúncio das entidades internacionais — é esperado que a ATP, a WTA e a ITF se pronunciem no dia 1 de junho — para se decidir sobre as datas destes eventos, que deverão culminar na antecipação do Campeonato Nacional Absoluto.

FPTénis_-_Retoma_Covid-19_-_Fase_4_-_ORGANIZAÇÃO_COMPETIÇÕES_NACIONAIS_OFICIAIS_final
Total
24
Shares
Total
24
Share