Frederico Silva: “É a decisão mais sensata embora para nós seja um transtorno grande não jogar”

Para Frederico Silva, o período de isolamento social aconselhado pelas autoridades ainda não está a perturbar a rotina de treinos porque na última semana de competição antes da interrupção do circuito sofreu uma lesão na perna direita que o afastará dos courts durante, pelo menos, mais uma semana. Mas o dia-a-dia já sofreu alterações e não esconde a preocupação em relação ao futuro, depois do ténis internacional ter sido suspenso até 7 de junho.

“Não tenho estado a treinar no campo porque tenho uma lesão na perna e não posso fazê-lo, mas tenho feito trabalho físico em casa. Não tenho saído, tenho estado de quarentena. Os ginásios estão fechados, por isso também só dá para treinar em casa”, contou o jogador natural das Caldas da Rainha à Lusa.

Total
2
Shares
Total
2
Share