Coronavírus. Duas eliminatórias da Taça Davis à porta fechada, um sorteio peculiar e vários torneios cancelados

Federazione Italiana Tennis

O surto mundial de Covid-19 continua a ter repercussões e o ténis não é excessão: este fim de semana, por causa do coronavírus duas eliminatórias da Taça Davis vão ser disputadas sem adeptos nas bancadas e para além dos torneios já cancelados e adiados pelo ATP Tour também a Federação Internacional de Ténis recuou na realização de algumas provas.

O Japão vs. Equador (em Miki) e o Itália vs. Coreia do Sul (em Cagliari), duas eliminatórias que dão acesso à fase final da Taça Davis, vão realizar-se este fim de semana à porta fechada.

E os cuidados a ter relacionados com o coronavírus vão para além dos dias em que há jogo: esta quinta-feira, na tradicional cerimónia do sorteio entre Itália e Coreia do Sul, os presentes foram sentados com distâncias consideráveis de forma a evitar-se uma eventual contaminação.

E se a própria Associação dos Tenistas Profissionais (ATP) já tinha avançado com o cancelamento e adiamento de vários eventos do circuito secundário — ATP Challenger Tour — esta quinta-feira foi a vez da Federação Internacional de Ténis (ITF) fazer o mesmo.

Um total de 12 torneios (seis masculinos, seis femininos) de 25.000 dólares cada um previstos para Santa Margherita di Pula no período entre 23 de março e 3 de maio foram cancelados.

Total
5
Shares
Total
5
Share