Nadal derrota Tsitsipas, elimina Medvedev e fica a torcer por vitória… Do russo

É um daqueles cenários que só o “Torneio dos Maestros” é capaz de proporcionar: Rafael Nadal lutou, lutou e lutou para derrotar Stefanos Tsitsipas, um resultado que eliminou Daniil Medvedev — o mesmo que na sessão noturna terá de vencer para o espanhol poder seguir em frente. Caso contrário, a última vaga será de Alexander Zverev.

Apesar de já ter o apuramento garantido desde o segundo encontro, o jovem tenista grego deu tudo o que tinha para lutar pela vitória — mesmo se terminar a fase de grupos com um terceiro triunfo significaria marcar automaticamente encontro com o recordista de títulos no torneio, Roger Federer, e ter menos seis horas para descansar.

A combinação da vontade de Tsitsipas com a garra de Nadal só poderia resultar numa grande batalha e foi com isso mesmo que os 18.000 espetadores que esgotaram a O2 Arena foram brindados: foram precisas 2h51 para se encontrar um vencedor, com o maiorquino — que na jornada anterior, sem entrar em campo, viu confirmado o estatuto de número 1 mundial no final da época — a assinar a reviravolta graças aos parciais de 6-7(4), 6-4 e 7-5.

Foi a primeira vez desde o US Open de 2017 que o tenista espanhol de 33 anos venceu dois encontros consecutivos depois de perder o primeiro parcial. E a forma perfeita de terminar uma sessão que culminou com a entrega do troféu de número 1 mundial, título que conforme confessou já não esperava voltar a receber.

Assim, Rafael Nadal — que este ano conquistou mais dois troféus do Grand Slam (em Roland Garros e no US Open) para se aproximar de Roger Federer — fica à espera do resultado da sessão noturna para saber se faz as malas para Madrid, onde vai jogar as Davis Cup Finals, ou o saco para na jornada de sábado disputar as meias-finais frente ao suíço.

As contas são simples: uma vitória do já eliminado Daniil Medvedev apura o espanhol em primeiro lugar (seguido de Stefanos Tsitsipas), enquanto uma vitória do ainda em jogo Alexander Zverev dá o lugar ao alemão (atrás do grego).

Última atualização às 17h58.

Total
7
Shares
Total
7
Share