Como se de um teste se tratasse: Coco Gauff, de 15 anos, derrota a ídolo Venus Williams na estreia em Grand Slams

Assistiu-se na tarde desta segunda-feira a um momento simbólico e para muitos uma “passagem de testemunho”: na sua estreia em quadros principais de torneios do Grand Slam, Cori “Coco” Gauff, de apenas 15 anos de idade(!), derrotou a sua ídolo Venus Williams, de 39 anos, para somar a sua primeira vitória de sempre em provas deste gabarito.

Num embate inter-geracional, Gauff, que começou a jogar ténis precisamente pela influência que Venus e a sua irmã Serena Williams tiveram na modalidade e ainda há pouco tempo realizou um exame nacional nos EUA, apresentou-se de uma forma dominante para surpreender a mais cotada compatriota por 6-4 e 6-4.

Apesar de estar a pisar um palco como o Court 1 de modo inédito, Gauff não se mostrou amedrontada pela ocasião (muito pelo contrário): depois de quatro jogos em que ambas seguraram os seus jogos de serviço, a adolescente norte-americana conseguiu uma oportunidade de break no serviço daquela que foi a primeira jogadora que viu ao vivo e converteu-a para ficar à frente com uma vantagem preciosa que não mais desperdiçou rumo à vitória no primeiro parcial.

E se se poderia pensar que haveria um maior relaxamento na segunda partida fruto da conquista do primeiro set, não foi isso de todo que aconteceu: Gauff, atual 313.ª WTA, manteve a sua cadência e continuou a criar problemas a uma Venus que tentava encontrar antídoto para o ritmo elevado da mais nova das protagonistas mas não o conseguia consistentemente.

Assim, acabou por ser novamente “Coco” a quebrar o serviço de Venus, 44.ª do ranking, e uma vez mais no quinto jogo para passar para a liderança do marcador. Só que, desta feita, a antiga campeã de Wimbledon por cinco vezes não se renderia tão facilmente e lá foi capaz de devolver o break ao oitavo jogo. Todavia, Gauff respondeu na mesma logo depois para ter “a faca e o queijo na mão” para fechar a contenda, o que concretizou ao quarto match point.

E agora? Agora segue-se a segunda eliminatória deste conto de fadas que começou na fase de qualificação, na semana passada, com Cori Gauff a medir forças na próxima fase com a eslovaca Magdalena Rybarikova (139.ª), que surpreendeu a 10.ª favorita Aryna Sabalenka.

Total
29
Shares
Total
29
Share