Nuno Borges avança para os oitavos de final do Campeonato Nacional Universitário dos EUA

Novo dia, nova vitória para Nuno Borges, que continua a confirmar o favoritismo e já está nos oitavos de final do quadro principal de singulares do NCAA Singles Championship, o Campeonato Nacional Universitário dos Estados Unidos da América.

Número um do ranking universitário e, por isso, primeiro cabeça de série, o jogador da Maia voltou a vencer em dois sets — desta vez por 6-3 e 6-4 frente a Andy Andrade, da Universidade da Flórida e número 59 da tabela classificativa.

A vitória desta terça-feira foi a 28.ª consecutiva de Nuno Borges em encontros de singulares no circuito universitário, o que permite ao jogador português de 22 anos aumentar o recorde estabelecido na jornada anterior, quando se tornou no primeiro tenista da história da Mississippi State a somar 27 triunfos seguidos na variante.

Apurado para os oitavos de final, o jovem maiato fica agora à espera do vencedor do encontro entre Timo Stodder (da Universidade do Tennessee) e Keen Smith (da UCLA) para conhecer o próximo adversário. Recorde-se que em 2017 e 2018 Nuno Borges chegou às meias-finais deste NCAA Singles Championship — que é o torneio mais prestigiado do circuito —, tendo inclusive disposto de um match point para atingir a final na última edição.

Osório eliminado no encontro de estreia

Menos sorte teve Guilherme Osório (Universidade de San Diego), o outro jogador português em prova, que começou bem mas não conseguiu manter o ascendente e acabou por ver Matias Soto (de Baylor) consumar a recuperação para vencer por 5-7, 7-5 e 6-0 na eliminatória inaugural.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a histórias, a recordes. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais — por isso depois chegaram o padel, o ténis de mesa e o squash. E assim cá estamos, no Raquetc ("raquetecétera"). Como escreveu Pessoa, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."