Depois de Braga, Lisboa: Tiago Cação volta a passar a primeira ronda de um Challenger

Fotografia: Beatriz Ruivo/Lisboa Belém Open

LISBOA — Aconteceu pela primeira vez há uma semana e agora que o sabe fazer não quer outra coisa: Tiago Cação tornou-se, esta segunda-feira, no primeiro jogador português a vencer um encontro na terceira edição do Lisboa Belém Open, o Challenger ATP que se joga pelo terceiro ano consecutivo no CIF – Club Internacional de Foot-Ball.

Convidado pela organização para o quadro principal de singulares — também vai a jogo na variante de pares —, o jogador do Centro de Alto Rendimento reagiu da melhor forma à “chamada” e somou a melhor vitória da carreira: 2-6, 6-2 e 6-1 frente a Facundo Arguello, argentino que é o 205.º do ranking ATP e chegou a ser 104.º em 2014.

Frente a frente com um jogador mais credenciado, que conta com quatro títulos Challenger no currículo e este ano já disputou, inclusive, uma final (em Punta del Este, no Uruguai), o tenista penichense de 21 anos não começou bem mas conseguiu recuperar.

Depois de um primeiro set dominado pelo argentino de 26 anos, que conseguiu resistir à pressão inicial do português e fazer a diferença com duas quebras de serviço, o pupilo de Rui Machado, Hugo Anão e Gonçalo Nicau fez reset e entrou de forma exímia na segunda partida: conseguiu a primeira quebra de serviço logo ao primeiro jogo e apesar de ter enfrentado um segundo jogo mais “apertado” conseguiu confirmar o break e partir para outro logo no imediato; apesar de não ter conseguido segurar a vantagem tão folgada, Cação manteve-se na frente, resistiu a uma tentativa de resposta de Arguello e acabou mesmo por igualar o marcador.

Chegada a hora do terceiro set, o jovem tenista português voltou a conseguir entrar por cima e aplicou a receita do parcial anterior: uma quebra de serviço a abrir para se colocar cada vez em melhor posição de vencer, aproveitando da melhor forma a quebra de concentração do adversário para confirmar o triunfo ao cabo de 1h59.

Com esta vitória, a segunda da carreira em provas do ATP Challenger Tour, Tiago Cação tornou-se no primeiro tenista português a vencer na terceira edição do evento — antes, Luís Faria tinha sido eliminado na estreia na fase de qualificação — para marcar encontro com o espanhol Enrique Lopez Perez, 14.º cabeça de série e número 172 ATP. Será o primeiro encontro da história entre ambos.

Última atualização às 14h11.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegaram o padel e o squash. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."