ITF volta atrás e defende Carlos Ramos: “Decidiu de acordo com as regras”

Carlos Ramos Serena Williams 2

Inicialmente decidida a não se pronunciar sobre o assunto, a Federação Internacional de Ténis (ITF) voltou atrás e emitiu, na tarde desta segunda-feira, um comunicado no qual defende o árbitro português Carlos Ramos.

“Carlos Ramos é um dos árbitros mais experientes e respeitados no ténis. As decisões do Sr. Ramos foram feitas de acordo com as regras e reafirmadas pela decisão do US Open de castigar Serena Williams pelas três ofensas”, começa por ler-se na comunicação emitida pela ITF no seu website oficial.

“É compreensível que um incidente tão mediático e lamentável quanto este dê origem a debate. Mas ao mesmo tempo é importante relembrar que Carlos Ramos cumpriu os seus deveres como árbitro de acordo com o livro de regulamentos e agiu com profissionalismo e integridade em todos os momentos.”

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a histórias, a recordes. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais — por isso depois chegaram o padel, o ténis de mesa e o squash. E assim cá estamos, no Raquetc ("raquetecétera"). Como escreveu Pessoa, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."