Martim Prata revalida título de campeão nacional de juniores

Dois anos, duas campanhas perfeitas de Martim Leote Prata no Campeonato Nacional de Juniores, que assim ergueu, pela segunda época consecutiva, o troféu mais importante no Lousada Ténis Atlântico.

Convidado pela organização para participar no quadro principal de singulares, o jogador lisboeta do Centro de Alto Rendimento viveu uma semana perfeita, não cedendo qualquer set rumo a mais um título: na primeira ronda, venceu Héber Adónis (6-1 e 6-1), depois André Rodeia (6-1 e 7-5), Evan Morgan (6-2 e 6-3), Gonçalo Ferreira (6-3 e 6-1) e, já na grande final, o qualifier João Graça, por 6-3 e 6-2.

À semelhança da variante feminina, que uma vez mais sorriu a Francisca Jorge, também a masculina pode contar com uma dobradinha. Para isso, Prata terá de sair vencedor da final de pares que se joga na tarde deste sábado e na qual, ao lado de Simão Alves, terá Gonçalo Ferreira e João Graça como adversários.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegaram o padel e o squash. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."