Amigos, amigos, competição à parte: Nuno Borges elimina Francisco Cabral

Nuno Borges.8

Nunca é fácil defrontar um amigo, principalmente quando esse amigo é também parceiro de pares, como é o caso de Nuno Borges e Francisco Cabral. Os dois portugueses, que juntos já conquistaram 3 títulos de pares, mediram forças esta quinta-feira, em Castelo Branco, por um lugar nos quartos de final do Future local.

A vitória foi averbada por Nuno Borges (573.º), em 64 minutos, através dos parciais de 6-2 e 6-1, num duelo em que o jovem da Maia enfrentou somente dois pontos de break (ambos naquele que seria o último jogo do embate) e quebrou o serviço do portuense (1073.º) em 4 das 5 oportunidades que teve à disposição.

A presença de Nuno Borges nos quartos de final do Internacionais de Ténis de Castelo Branco confirma o bom momento de forma que vem apresentando desde que regressou a Portugal para disputar os eventos Future deste verão, ele que nas semanas anteriores alcançou a final na Póvoa de Varzim e a meia-final em Setúbal.

Como próximo opositor em Castelo Branco, o português de 21 anos, que compete no circuito universitário norte-americano, terá o vencedor do embate entre Daniel Batista (1309.º) e o francês Romain Bauvy (987.º).

Nota, também, para a eliminação de Alexandre Ribeiro (1456.º), fruto de desistência depois de ter perdido o primeiro set, por 6-3, frente ao espanhol Pablo Vivero Gonzalez (421.º).

Lado a lado esta tarde

Se durante a manhã estiveram em lados opostos do court, à tarde Nuno Borges & Francisco Cabral vão jogar lado a lado, em busca da qualificação para as meias-finais da competição de pares. O duo português defronta o par formado por Gonçalo Falcão & Roberts Grinvalds.

João Correia
Licenciado em Sociologia e Mestre em Comunicação, Cultura e Tecnologias de Informação (ISCTE). Privilegiado por viver numa das melhores eras da história da modalidade.