Kyrgios insatisfeito com a sua exibição: “Tive sorte por ter um bom serviço”

Nick Kyrgios-E
Fotografia: Peter Staples/ATP World Tour

Nick Kyrgios ganhou e deu espetáculo no seu regresso ao circuito, mas não ficou totalmente satisfeito com a exibição frente ao alemão Maximilian Marterer.

“Para dizer a verdade, joguei muito mal hoje. Tive a sorte de poder contar com um bom serviço que me manteve em jogo”, manifestou o australiano, que terminou o duelo com 20 ases e uma percentagem de 80% de pontos ganhos com a primeira bola, citado pelo site do torneio.

Esta sexta-feira, naquele que será o quarto e último confronto da jornada no court central do evento, Kyrgios vai medir forças com Feliciano López pela quarta vez na carreira (segunda em relva). O espanhol, que gosta muito de jogar nesta superfície, eliminou Gilles Simon, por 7-6(6) e 6-4.

“Acho que fiz um bom encontro. É muito importante para mim ter estas semanas de torneios jogados em relva. É uma superfície muito específica e só temos duas ou três semanas por ano. Nesse sentido, é importante ir passando tempo em court e somando vitórias”, comentou López, em declarações publicadas no site do ATP World Tour.

A ordem de encontros para amanhã tem como grande destaque o jogo que opõe Roger Federer a Guido Pella (não antes das 14h00 de Portugal Continental). O veterano tenista suíço precisa de chegar à final para reassumir a liderança da hierarquia na próxima segunda-feira.

João Correia
Licenciado em Sociologia e Mestre em Comunicação, Cultura e Tecnologias de Informação (ISCTE). Privilegiado por viver numa das melhores eras da história da modalidade. Contacto: joaocorreia@raquetc.com