Cai o pano sobre a carreira de Karin Knapp

Karin Knapp

Fez parte da equipa italiana que ganhou a Fed Cup em 2013, venceu dois títulos WTA (Tashkent e Nuremberga) e chegou a bater à porta do top 30 (33.ª). Mas as lesões não a respeitaram e, por isso, depois de cinco operações ao joelho direito, tornou-se impossível continuar a competir ao mais alto nível. Karin Knapp anunciou este sábado o fim da sua carreira de tenista profissional.

“É uma decisão muito dolorosa, mas infelizmente preciso de me resignar ao facto de o meu joelho direito já não aguentar mais. Depois da quinta operação, em fevereiro do ano passado, fiz tudo para regressar, trabalhei duro durante meses, mas sempre que aumentava as cargas no treino, a dor fazia-se sentir. Treinava bem só que depois era capaz de ficar sem andar durante três dias. A situação era insustentável”, disse a italiana de 30 anos, no Foro Italico, citada pelo Eurosport Italia.

A última aparição de Knapp no circuito mundial aconteceu em janeiro de 2017, em Melbourne, onde foi forçada a desistir de continuar em court frente a Su-Wei Hsieh, num duelo alusivo à primeira ronda do quadro principal do Australian Open.

Poucos dias depois, surgiu a quinta ida à mesa de operações. E este sábado, 12 de maio de 2018, caiu o pano sobre a sua carreira.

Grazie mille, Karin!

João Correia
Licenciado em Sociologia e Mestre em Comunicação, Cultura e Tecnologias de Informação (ISCTE). Privilegiado por viver numa das melhores eras da história da modalidade.