Só Dominic Thiem tem a receita para derrotar Rafael Nadal

Dominic Thiem Madrid
Fotografia: Mutua Madrid Open

Recuemos até ao dia 19 de maio de 2017, o dia em que Rafael Nadal perdera em terra batida pela última vez e que consequentemente marcou o início do fim de qualquer expectativa que a concorrência tivesse em voltar a derrotá-lo naquela superfície.

É que daí para cá, qual rolo compressor, o “touro” enfureceu-se e delapidou todo e qualquer tenista que pensasse sequer em “roubar-lhe” um set.

Só que após ter superado ontem o recorde de 49 sets consecutivos ganhos de John McEnroe – uma marca histórica bem adulta (34 anos) –, Nadal, cinco vezes campeão em Madrid, viu esta sexta-feira interrompido esse registo impressionante e, mais do que isso, voltou a experimentar o amargo sabor da derrota.

Dominic Thiem (quem mais?) foi o responsável por voltar a derrotar o “rei” da terra batida no seu habitat natural, naquela que foi de longe a melhor exibição do austríaco esta semana, repetindo em Madrid o que havia feito em Roma há quase um ano.

Depois de há três semanas o maiorquino ter realizado com o austríaco uma espécie de treino nos quartos de final do Masters de Monte Carlo (6-0 e 6-2), o duelo na Caixa Mágica foi completamente diferente daquele que teve lugar em solo monegasco. Primeiro porque Nadal esteve muito longe do seu melhor; segundo porque só Thiem tem a receita para o derrotar. E hoje voltou a aplicá-la, triunfando por 7-5 e 6-3.

Thiem, 7.º do ranking, dispôs de um primeiro set point quando serviu a 5-4 para fechar o parcial inaugural, mas só depois à segunda tentativa, a 6-5, conseguiu finalmente colocar termo aos 50 sets vencidos de forma consecutiva por Nadal.

Na segunda partida esperava-se naturalmente uma reação do (ainda) número 1 do mundo, mas a verdade é que foi o austríaco a entrar melhor, conseguindo uma primeira quebra de serviço logo à passagem do terceiro jogo.

Nadal não baixou os braços, lutou, mas definitivamente não foi um dos seus melhores dias, esteve impaciente e cometeu alguns erros crassos ao longo da contenda. Thiem não se fez rogado e colocou um ponto final na série de 21 vitórias seguidas de Nadal em terra batida. Porque tudo tem um fim.

O sul-africano Kevin Anderson é o próximo adversário de Dominic Thiem (15h00 deste sábado, Sport TV 2), sendo que o histórico de confrontos entre ambos tem tido apenas um sentido (6-0 para Anderson). Mas o duelo de amanhã será o primeiro sobre pó de tijolo e aí o austríaco é dos melhores do circuito.

Total
2
Shares
Total
2
Share