Alexander Zverev revalida título em Munique

Zverev Munique
Fotografia: BMW Open by FWU

Pelo segundo ano consecutivo, Alexander Zverev sagrou-se no grande vencedor do BMW Open, também conhecido como ATP 250 de Munique, confirmando assim o estatuto de principal candidato ao título.

Numa final 100% germânica (a primeira no principal escalão desde que precisamente Sascha perdeu contra Florian Mayer na edição de 2016 do ATP 500 de Halle), o mais novo dos irmãos Zverev fez valer o seu favoritismo teórico perante Philipp Kohlschreiber, sexto pré-designado e número 34 mundial, através dos parciais de 6-3 e 6-3, em apenas uma hora e 11 minutos de jogo.

Atual terceiro classificado do ranking, Alexander Zverev não deu praticamente nenhuma hipótese a Kohlchreiber, campeão da prova já por três ocasiões e que disputava a sua sexta final em Munique, ao longo de todo o encontro, cimentando o triunfo na decisão por intermédio de dois breaks em cada set e vendo o seu serviço ser somente por uma ocasião quebrado (ocorreu na segunda partida).

https://twitter.com/TennisTV/status/993112905619927040

Depois de um jejum de nove meses sem vencer qualquer título (o último datava de agosto último, no Masters 1000 de Montréal), Zverev defende assim com sucesso pela primeira vez um título e conquista o sétimo título ATP da carreira.

Além disso, o número um alemão torna-se apenas no terceiro tenista a sagrar-se bicampeão em Munique (os anteriores haviam sido os argentinos Guillermo Perez-Roldan — 1987 e 1988 — e Franco Squillari — 1999 e 2000).

Total
1
Shares

Leave a Reply

Total
1
Share