Kyle Edmund sobre derrota diante de João Sousa: “Hoje não foi o meu dia”

Kyle Edmund Estoril

Kyle Edmund foi afastado do Millennium Estoril Open 2018 na tarde desta sexta-feira às mãos de João Sousa, através de uma derrota em três partidas. Em declarações prestadas à organização do torneio depois do encontro, o britânico estava naturalmente desapontado.

“A derrota de hoje aconteceu num dia um pouco vulgar. Estou obviamente desapontado agora, mas há que seguir em frente. Tenho ainda os pares para jogar no torneio e Madrid é já para a semana, portanto oxalá que tenha muitos encontros pela frente. Hoje não foi o meu dia, por isso tenho de levantar a cabeça, ver o que não correu bem e tentar estar melhor para o que aí vem”, começou por frisar o número 23 mundial.

Sobre a vertente de duplas, na qual alinha ao lado do compatriota Cameron Norrie e volta a enfrentar João Sousa (desta feita, nas meias-finais), Edmund revela que é uma boa oportunidade de melhorar vários aspetos do jogo.

“Nos últimos dois embates jogámos bem. Tenho desfrutado de jogar com ele, é a primeira vez que atuamos juntos. Este é o meu terceiro torneio de pares este ano e é bom ter ao meu lado um britânico, pois temos os mesmos interesses. Obviamente passamos bastante tempo juntos fora do campo, como na Taça Davis, mas temos jogado bem, conseguido boas vitórias como a de ontem frente aos australianos [Hewitt e de Minaur], portanto vamos para o court e damos o nosso melhor, tentamos divertir-nos, trabalhar nalgumas coisas e é mais uma chance amanhã para testarmos os nossos jogos”, vincou.

Até porque, segundo o atual número um britânico, esta parceria com Cameron Norrie pode perfeitamente ser replicada num breve futuro aquando da participação da Grã-Bretanha nas eliminatórias da Taça Davis. “Talvez no futuro a curto prazo, nos próximos anos, possamos jogar juntos na Taça Davis a uma dada altura, pelo que é ótimo estarmos lado a lado dentro de campo”, concluiu.

Avatar
Natural da Ilha do Pico, Açores. Estudante do 3.º ano do curso de Direito da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Amante e seguidor de ténis desde a adolescência.