Stefanos Tsitsipas elimina Kevin Anderson e atinge “quartos” do Estoril Open

Tsitsipas Millennium EO

Depois de ter deixado pelo caminho Pablo Andújar na estreia na jornada de terça-feira, Stefanos Tsitsipas assinou mais uma grande vitória na tarde desta quinta-feira ao ultrapassar um teste de fogo diante de Kevin Anderson para assegurar a qualificação para os quartos de final do Millennium Estoril Open.

Frente a frente com um dos semifinalistas no ano passado, o talentoso prodígio grego, que esta semana entrou pela primeira vez no top 50 mundial (é o 44.º do ranking), não se intimidou perante a maior veterania e andança por estes palcos do seu adversário, para levar a melhor sobre o portentoso “gigante” sul-africano, primeiro cabeça de série, através dos parciais de 6-7(3), 6-3 e 6-3 em duas horas e 15 minutos de encontro.

O set inaugural foi encaminhado para o tiebreak e aí, ciente do perigo que iria encontrar do outro lado da rede dado o excelente momento de forma que Tsitsipas atravessa, Anderson foi capaz de demonstrar as suas credenciais de número oito mundial logo no início desse derradeiro desempate para se colocar em vantagem, a qual seria determinante para um desenrolar do tiebreak favorável para o seu lado visto que depois fez bom uso dos pontos jogados no seu serviço.

O segundo parcial revelou um Stefanos Tsitsipas mais atento depois do início de tiebreak em falso da sua parte e isso traduziu-se numa mudança de paradigma, com o mais jovem dos protagonistas a cometer a proeza de ser o primeiro a averbar um break, à passagem do sexto jogo, para a partir daí manter-se sereno e empurrar a decisão para uma terceira e decisiva partida.

Na “negra” tudo acabou por se decidir, à semelhança do segundo set, com um break crucial e foi novamente Kevin Anderson, a disputar o primeiro torneio sobre pó de tijolo em 2018, quem cedeu: com uma quebra de serviço ao quinto jogo, o helénico de 19 anos iria cimentar ainda mais esse avanço por intermédio dos seus jogos de serviço seguintes e desde então não mais olhou para trás rumo à vitória final.

Na próxima eliminatória, Tsitsipas irá procurar dar o melhor seguimento aos dois bons triunfos já alcançados esta semana no Clube de Ténis do Estoril quando encarar o espanhol Roberto Carballes Baena (77.º), que deixou pelo caminho já esta quinta-feira o britânico Cameron Norrie (113.º), por 5-7, 6-2 e 7-6(1), em três horas e oito minutos de uma autêntica batalha em que teve de salvar três match points.

Avatar
Natural da Ilha do Pico, Açores. Estudante do 3.º ano do curso de Direito da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Amante e seguidor de ténis desde a adolescência.