Quatro portugueses com entrada direta no qualifying de Roland Garros

Foram esta semana divulgadas as listas de inscritos na fase de qualificação de Roland Garros, o segundo torneio do Grand Slam da temporada. Se João Sousa tinha sido o único português a entrar no quadro principal, no qualifying há quatro tenistas portugueses.

Gastão Elias, Pedro Sousa, João Domingues e Gonçalo Oliveira. Sem grandes surpresas, atendendo ao cenário que já se verificara nos últimos eventos do Grand Slam, são estes os elementos que vão representar Portugal na fase de qualificação em Paris, que este ano se joga entre os dias 21 e 25 de maio (segunda a sexta-feira).

Para Gastão Elias, atual número 108 do ranking ATP, esta vai ser a sexta participação no torneio de Roland Garros, onde tem como melhor resultado a primeira ronda do quadro principal alcançada em 2014, 2015 e 2017 (no último ano por entrada direta, nos dois anteriores depois de ter passado o qualifying).

Já Pedro Sousa (143.º), jogou a qualificação nos anos de 2012, 2013, 2015 e 2017, tendo a última época sido aquela em que mais perto esteve de chegar à grelha — dispôs mesmo de dois match points frente ao russo Teymuraz Gabashvili na última etapa.

Já para João Domingues (207.º) e Gonçalo Oliveira (216.º), este ano será de estreia em Roland Garros, depois de terem iniciado as participações em torneios do Grand Slam em Wimbledon e no US Open, respetivamente.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tiebreak. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegou o padel, o squash e o ténis de mesa. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."