Maria Sharapova garante lugar na terceira ronda do Australian Open

Maria Sharapova deu o segundo passo em frente na presente edição do Australian Open, qualificando-se pela 12.ª vez na carreira para o top 32 do primeiro Grand Slam da temporada.

A tenista russa, atualmente na 48.ª posição do ranking mundial, terminou com o percurso de uma jogadora que defendia o estatuto de cabeça de série, ao derrotar Anastasija Sevastova por 6-1 e 7-6(4).

Num encontro servia de desempate no mano a mano, visto que foi a tenista letã a colocar um ponto final na campanha da antiga número um mundial no US Open de 2017 e mais tarde, ainda nesse mesmo ano, seria a russa a fazer o mesmo a Sevastova em Pequim, foi  Sharapova que se apresentou melhor ao longo de quase todo o encontro.

A tenista de 30 anos dominou grande parte das trocas de bola, sendo a própria a conduzir o rumo dos pontos, visto que foi a tenista que mais iniciativa tomou ao longo do encontro.

No primeiro set tudo saiu bem à campeã de 2008. Sharapova disparou winners de todos os lados e aproveitou muito bem o serviço da adversária para ganhar vantagem logo a partir da resposta.

Se o primeiro parcial foi de sentido único, no segundo a 14.ª cabeça de série entrou finalmente em jogo, passando mais bolas por cima da rede e a variar mais o seu jogo, o que fez com que Sharapova começasse a cometer mais erros e a duvidar no seu ténis.

No entanto a russa teve a capacidade de responder nos momentos mais importantes e com maiores ou menores dificuldades conseguiu mesmo colocar um ponto final no torneio da número 15 mundial.

Ultrapassado o segundo teste em Melbourne Park, Sharapova terá de se aplicar muito já na próxima eliminatória, visto que tem pela frente a vencedora do embate entre Angelique Kerber e Donna Vekic.

Total
3
Shares
Total
3
Share