Estreia vitoriosa: Wawrinka ultrapassa batalha de quatro sets no primeiro encontro após lesão

Stan Wawrinka
Fotografia: Australian Open

A Hisense Arena foi o palco escolhido para o regresso de Stan Wawrinka. Campeão em 2014, o suíço não disputava qualquer encontro desde Wimbledon e procurava voltar ao circuito com uma vitória, o que acabou por acontecer ao conseguir impôr-se frente a Ricardas Berankis.

Num dia de regressos — ao mesmo tempo, na Margaret Court Arena, também Novak Djokovic jogava o seu primeiro encontro desde a relva britânica –, o ex-número 3 mundial teve de trabalhar bem para conseguir o triunfo. Isto porque o talentoso Berankis, que em 2007 brilhou no circuito mundial de juniores, onde chegou a número 1 mundial, vendeu cara a derrota, sobretudo depois da derrota nos dois primeiros parciais.

Como tal, e aproveitando também algum “relaxamento” do helvético de 32 anos, venceu o terceiro set e no quarto empurrou a decisão até um tiebreak, onde aí sim Wawrinka voltou a fazer valer toda a sua experiência para acabar com a decisão. No final, os parciais de 6-3, 6-4, 2-6 e 7-6(2) permitem ao atual número 8 do mundo respirar de alívio.

O (difícil) primeiro desafio está ultrapassado. Agora, “sem expetativas“, venha o segundo: ao que tudo indica, o próximo adversário será Tennys Sandgren, que à hora da publicação deste artigo vencia Jeremy Chardy por dois sets a zero.

A dada altura do encontro, com o aproximar do camera man, foi possível ver no joelho esquerdo de Stan Wawrinka a grande cicatriz que ficou da cirurgia realizada em 2017. Marcas de guerreiro:

Total
1
Shares
Total
1
Share