Bencic destaca apoio de Federer como fundamental na vitória sobre Venus

Fotografia: Ben Solomon/Tennis Australia

Belinda Bencic estreou-se com uma vitória na edição de 2018 do Australian Open e que vitória: a jovem promessa helvética, que nunca antes havia batido Venus Williams ao cabo de quatro duelos, deixou pelo caminho a campeoníssima norte-americana, vice-campeã do Grand Slam australiano no ano passado, logo na primeira ronda e em sets diretos (6-3 e 7-5). No final do encontro, a tenista de 20 anos estava naturalmente satisfeita com o grande triunfo averbado.

“Foi fantástico. Penso que o nível de jogo de parte a parte foi muito bom. Ela já me havia ganho por quatro vezes antes portanto estou bastante feliz por ter a aproveitado as minhas oportunidades desta vez. Obviamente apenas estou contente por estar novamente a jogar. Estive ausente durante muito, muito tempo. Mal podia esperar por voltar, por isso significa muito para mim isto”, começou por frisar Bencic.

A talentosa suíça, que já foi número 7 mundial mas devido a várias lesões acabou por sair inclusivamente do top-300 mundial antes de no final de 2017 regressar em força e estar agora no 78.º posto, revelou ainda que contou com o apoio de Roger Federer antes do encontro, para além dos pais do “Maestro” terem acompanhado in loco na sua box o duelo.

“Admiro imenso o facto dele ser tão relaxado nos balneários antes dos jogos, sendo engraçado com a sua equipa ou mesmo com qualquer pessoa. E depois, no court, ele é muito focado. Acho que essa é a principal coisa que quero aprender através dele. Até fora dos courts, é uma pessoa normal, humilde, muito feliz e a tentar dar conselhos e ajudar alguém como eu. Penso que isso faz com que ele seja realmente muito especial”, terminou.

Avatar
Natural da Ilha do Pico, Açores. Estudante do 3.º ano do curso de Direito da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Amante e seguidor de ténis desde a adolescência.