Sloane Stephens sobre o seu estatuto de campeã de Grand Slams: “Tem sido um pouco desafiador”

Sloane Stephens 3
Fotografia: Luke Hemer

A norte-americana Sloane Stephens, na conferência de imprensa de antevisão do Australian Open, mostrou que ainda não está totalmente adaptada ao estatuto de vencedora de torneios do Grand Slam, o qual deriva da vitória alcançada na passada edição do US Open, onde se sobrepôs à sua compatriota Madison Keys na final.

“Penso que é sempre uma transição complicada quando passas de não jogar ténis durante 11 meses para ganhar um Grand Slam“, contou Stephens. “Nunca será como imaginaste. Chega mesmo a ser uma experiência um pouco esmagadora. Eu gosto de ficar na minha pequena bolha e fazer as minhas coisas. Irei continuar a fazê-lo”.

Sloane Stephens, após o seu brilhante desempenho no Grand Slam norte-americano, sente ainda que tem sido alvo de uma maior atenção por parte dos media, algo a que não estava totalmente habituada. “Coisas como essas mudaram. É óbvio que existe uma maior procura. Essas coisas são obrigatórias agora. Portanto sim, tem sido um pouco desafiador.”

Mostrando-se “animada” por estar em Melbourne e “feliz por voltar a jogar” o Australian Open, Sloane Stephens fez ainda uma pequena antevisão relativamente à sua primeira ronda na competição, onde irá defrontar Shuai Zhang.

“Ela é a minha jogadora preferida no circuito – não no sentido de ser mesmo a minha favorita, mas sim enquanto pessoa, porque eu adoro-a. Ela é uma rapariga impecável. Vai ser um excelente encontro. Estou ansiosa”, afirmou.

Total
1
Shares
Total
1
Share