Nervos de aço: Angelique Kerber dá a volta a Venus Williams e confirma início arrasador

Angelique Kerber
Tenista alemã soma e segue: são já seis as vitórias em 2018

Angelique Kerber. Uma e outra vez, Angelique Kerber. A tenista alemã está a ser uma das jogadoras em maior destaque no início de temporada e esta terça-feira volta a dar que falar. Isto porque derrotou Venus Williams (#5 WTA) rumo aos quartos de final do torneio de Sydney.

Apesar de chegar à cidade australiana sem o título que tanto desejava (perdeu na final da Hopman Cup ao lado do compatriota Alexander Zverev), a ex-número 1 mundial só tem razões para estar satisfeita: parece ter encontrado novamente o seu melhor ténis e há uma explicação — voltou a apaixonar-se pelo que faz.

Prova disso mesmo é o que tem conseguido fazer em todos os courts por que passa: vencer. É, aliás, assim que se resumem as duas primeiras semanas da jogadora alemã de 29 anos até ao momento, ela que às quatro vitórias em encontros de singulares em Perth junta agora dois triunfos em Sydney: o primeiro frente a Lucie Safarova (teve de salvar match points) e o segundo perante Venus Williams, com os parciais de 5-6, 6-3 e 6-0.

Nervos de aço. Porque para derrotar a norte-americana de 37 anos, finalista do Australian Open e de Wimbledon na última época, Angelique Kerber teve de recuperar da desvantagem de um set (em que liderou por um break e dispôs de dois pontos para o fechar) e resistir a muitas investidas. A mais velha das irmãs Williams não se deu, aliás, por vencida durante todo um segundo parcial cujo resultado engana — foram vários os breaks e os momentos de perigo para a alemã.

Com a alegria dentro do court chegam os resultados. E neste capítulo os números falam por si: até ao momento, Angelique Kerber tem seis vitórias em seis encontros de singulares disputados na presente temporada. Como “prémio”, a passagem aos quartos de final do fortíssimo Premier de Sydney, um torneio onde, por ser a 22.ª classificada do ranking, nem conseguiu ser cabeça de série.

Como próxima adversária, a ex-campeã do Australian OpenUS Open (ambas as vitórias aconteceram em 2016) terá Dominika Cibulkova. O quadro do torneio de Sydney pode ser consultado aqui e é atualizado automaticamente com todos os resultados.

Total
3
Shares

Leave a Reply

Total
3
Share