Febre elevada leva Dominic Thiem a desistir do torneio de Doha

Dominic Thiem

De Doha chegam más notícias: Dominic Thiem está a sofrer com uma febre elevada e vê-se, assim, forçado a desistir das meias-finais do ATP 250 qatari, onde era o único cabeça de série ainda em prova.

A informação foi adiantada pelo treinador do austríaco de 24 anos, Günter Bresnik, ao website Tennisnet.com, ao qual afirmou que “o Dominic está na cama com febre e, por isso, neste momento [jogar] ténis está fora de questão.” Desta forma, o francês Gael Monfils passará diretamente à final (onde já esteve em 2006, 2012 e 2014, tendo perdido sempre).

Atualmente no quinto lugar do ranking, Thiem não poderia sofrer do problema em pior altura: ao derrotar Stefanos Tsitsipas na jornada de quinta-feira tinha garantido o apuramento para as meias-finais de um torneio em piso rápido ao ar livre pela primeira vez desde fevereiro de 2016.

E as complicações não se ficam por aqui. Ainda de acordo com o técnico do tenista austríaco, a febre é de tal forma elevada que “viajar de avião seria demasiado perigoso”, razão pela qual os dois terão de continuar em Doha até Thiem começar a sentir-se melhor.

A outra meia-final do torneio de Doha — a única que se vai jogar — coloca frente a frente o argentino Guido Pella e o russo Andrey Rublev. Para esta sexta-feira está ainda marcada a final de pares, na qual os primeiros cabeças de série, Jamie Murray e Bruno Soares, enfrentam os segundos, Oliver Marach e Mate Pavic.

Total
1
Shares

Leave a Reply

Total
1
Share