Djokovic sobrevive, Wawrinka eliminado

Novak Djokovic garantiu nesta quinta-feira a passagem aos quartos-de-final do China Open 2013, em Pequim, num dia que contou ainda com a surpreendente eliminação do suíço Stanislas Wawrinka num encontro em que era claramente favorito.
Número um mundial e em luta directa com Rafael Nadal pelo estatuto de número um mundial após o torneio chinês, que entrega 500 pontos ao grande vencedor, o sérvio Novak Djokovic precisou de se aplicar para resistir ao espanhol Fernando Verdasco e avançar para os quartos-de-final, acabando por confirmar a vitória ao cabo de três sets e pelos parciais de 7-5 2-6 6-2.
Stanislas Wawrinka, sexto candidato ao título e uma das principais figuras da temporada, foi eliminado em parciais directos pelo norte-americano Sam Querrey, que triunfou por 6-3 7-6(2). Pouco depois, o tenista suíço viria mesmo a desistir do quadro de pares (onde formava parceria com Djokovic), citando uma lesão no joelho.
Nos restantes encontros do dia, o espanhol David Ferrer e o francês Richard Gasquet (quarto e quinto cabeças de série) derrotaram, respectivamente, Marinko Matosevic por 5-7 6-1 6-2 e Bernard Tomic por 7-6(2) 6-4.
Fotografia de returnwinner gentilmente cedida ao Ténis Portugal.

Total
0
Shares
Total
0
Share