David Nalbandian anuncia final de carreira

Aos trinta e um anos, David Nalbandian colocou esta semana um ponto final na sua carreira. Com vinte e quatro finais disputadas, das quais venceu onze, o tenista argentino cita problemas no ombro como o principal motivo que o leva a abandonar os courts, deixando para trás muitas memórias e feitos alcançados.
Terceiro classificado no ranking mundial no ano de 2006, temporada que fica marcada por alguns dos seus melhores resultados em torneios do Grand Slam (chegou às meias-finais em Melbourne e em Paris), o argentino confirmou esta semana o seu abandono em definitivo: “Não é fácil nem é o dia mais bonito da minha carreira. Tenho vontade de estar nos torneios, de competir, mas o meu ombro não está a corresponder às exigências do circuito.”
Sem jogar desde março, Nalbandian venceu o seu primeiro torneio profissional em 2002 (torneio que voltaria a vencer em 2006), na terra batida do Jamor, e, poucas semanas depois, sagrou-se vice-campeão de Wimbledon na sua primeira aparição do torneio, não conseguindo repetir a presença em finais de torneios do Grand Slam nos restantes anos em que marcou presença no circuito profissional, ficando portanto na lista dos melhores jogadores da história a não terem vencido um dos maiores torneios do mundo.
Top10 durante mais de 200 semanas, David Nalbandian conta, no entanto, com um grande título no seu palmarés: a Tennis Masters Cup de 2005, em Xangai, quando recuperou de uma desvantagem de dois sets a zero para vencer Roger Federer por 6-7(4) 6-7(11) 6-2 6-1 7-6(3). Os Masters de Madrid e Paris, ambos em 2007, estão, também, no seu palmarés, a que se adicionam ainda os vice-campeonatos nos Masters do Canadá (2003), Madrid e Roma (2004) e Paris (2008).
Também na Taça Davis David Nalbandian deu o seu melhor para erguer o troféu, mas acabou derrotado na grande final em 2006, 2008 e 2011, não escondendo o desapontamento por nunca ter tido a oportunidade de festejar o título com a sua selecção e o seu país.
Fotografia de Love all gentilmente cedida ao Ténis Portugal.

Total
0
Shares
Total
0
Share