Rui Machado coloca Portugal no Grupo I

O início de jornada parecia prometedor e tudo apontava para um apuramento rápido da selecção portuguesa para o Grupo I da Zona Euro/Africana da Taça Davis em 2014, mas acabaram por ser necessárias mais de sete horas de jogo para ser carimbada a vitória sobre a Moldávia.
Rui Machado, ex-top60 mundial e actualmente no 300º posto da tabela ATP, foi a grande figura do dia, ao superar todas as adversidades (mais uma vez, o encontro ficou marcado pelas polémicas decisões da equipa de arbitragem) e carimbar a vitória sobre Maxim Dubarenco em três sets, pelos parciais de 7-5 6-1 e 6-3.
Num encontro em que não sofreu qualquer quebra de serviço, o jogador algarvio de vinte e nove anos mostrou-se sempre superior e manteve-se sempre no controlo do embate, somando o seu quarto triunfo da temporada em encontros da Taça Davis (já havia vencido um encontro frente ao Benim e dois perante a Lituânia) para fixar o resultado final entre a Moldávia e Portugal em 2-3.
Com a vitória de Machado, a selecção nacional portuguesa garante assim o regresso ao Grupo I da Zona Euro/Africana da Taça Davis em 2014 dois anos depois de ter sido relegado após derrota por 1-3 na Eslováquia, naquela que foi a eliminatória mais equilibrada do percurso de Portugal na competição em 2013.
Resultados da eliminatória:
  • Radu Albot derrotou Gastão Elias, 6-3 2-6 6-4 6-4;
  • Maxim Dubarenco perdeu para João Sousa, 7-6(4) 6-7(4) 1-6 3-6;
  • Roman Borvanov e Andrei Ciumac perderam para João Sousa e Gastão Elias, 3-6 4-6 3-6;
  • Radu Albot derrotou João Sousa, 3-6 3-6 6-3 6-4 11-9;
  • Maxim Dubarenco perdeu para Rui Machado, 5-7 1-6 3-6;

Total
0
Shares
Total
0
Share