Graça soma primeira vitória em casa, ao lado de Ferreira; como eles seguem outros sete portugueses

A concluir o dia na Vale do Lobo Tennis Academy, onde continua a decorrer o SBA Tennis Open, estiveram os encontros do quadro principal de pares. E no final o desfecho não poderia ter sido mais positivo, dado que para os quartos de final seguiram nove jogadores portugueses — tantos quanto possível.

A jogar praticamente em casa, o farense João Graça somou a primeira vitória da carreira em quadros principais na região que o viu nascer, ao derrotar, ao lado de Gonçalo Ferreira (que vem das meias-finais no Future de Idanha-a-Nova e na jornada anterior tinha conquistado o seu primeiro ponto ATP), os alternates Jesus EchevarriMarcos Torralbo-Albos em parciais diretos, 6-1 e 6-4.

Os próximos adversários dos dois jovens de 17 anos são o também português Luís Faria e o norte-americano John Harrison Richmond, que surpreenderam os segundos cabeças de série, Francisco Cabral Luke Johnson, com os parciais de 6-4 e 7-6(8).

Para além deles, houve uma outra dupla totalmente portuguesa a seguir em frente: Fábio Coelho e Martim Leote Prata lutaram bastante para ultrapassarem a equipa composta por Afonso Salgado Miguel Gomes, com o encontro a terminar com 5-7, 6-4 e 10-8. Seguem-se José Ricardo Nunes e o britânico Russell Henderson, que beneficiaram da desistência da dupla constituída por Tiago Cação Marc Dijkhuizen, visto que Cação estava extremamente desgastado do seu encontro de singulares.

Já Fred Gil, que com o brasileiro Diego Matos forma a dupla primeira cabeça de série, agarrou a vitória em dois sets frente aos russos Yan Bondarevskiy e Matvey Minin (7-5 e 6-2), enquanto João Monteiro (com Miguel Semmler) derrotou os norte-americanos Victor GurevichMaksim Tikhomirov para marcar encontro com o sintrense.

Em frente seguiram ainda Gonçalo Falcão e Eduardo Dischinger. O português e o brasileiro são os terceiros cabeças de série e derrotaram Peter Goldsteiner e Frederik Press (6-2 e 6-2) para marcarem encontro com Justin Butch e Franco Emanuel Egea nos quartos de final, naquele que aliás é o único confronto que não tem garantida a presença de pelo menos um português na ronda seguinte.

Quadro principal de pares com os resultados da primeira ronda:

Pedro Cunha
O ténis apareceu na minha vida como apenas mais um desporto mas rapidamente o cheiro das bolas e o pó cor de laranja da terra batida onde pratico tornaram a minha vida melhor. Desde o som das pancadas, ao simples abrir de uma lata nova de bolas, tudo neste desporto tem encanto.