Nadal abre Academia aos desalojados de Maiorca e ajuda a limpar as ruas

Em Maiorca a recuperar de lesão, Rafael Nadal saiu às ruas para ajudar a limpar a cidade depois das fortes inundações que tiraram a vida a 10 pessoas e deixaram centenas desalojadas. Antes, o número 1 do mundo já tinha aberto as portas da Academia a todos aqueles que precisassem de ajuda.

Afastado do circuito devido à lesão no joelho que coloca em risco o resto da temporada, o tenista espanhol de 32 anos calçou um par de galochas e roupas apropriadas à ocasião para se juntar aos habitantes da cidade nas limpezas da cidade.

O registo foi captado pelo fotógrafo Jordi Cotrina, que fotografou Rafael Nadal em ação, e entretanto já chegou à capa do jornal Marca. Na edição que vai para as bancas esta quinta-feira, a maior publicação desportiva do país vizinho escreve “Siempre Rafa”.

Para além do atual líder do ranking ATP, o diário desportivo AS escreve que outros membros da Academia Rafael Nadal se juntaram ao maiorquino na ajuda aos locais. Sant Llorenç des Cardassar, o local da tragédia, fica a cerca de 13km das instalações de luxo inauguradas em outubro de 2016 e que agora estão abertas aos desalojados.

“É um dia triste em Maiorca. Queremos expressar as nossas condolências a todos os familiares daqueles que perderam a vida nas cheias terríveis de San Llorenç. Tal como fizemos ontem, estamos uma vez mais a disponibilizar os quartos do Centro Desportivo Rafael Nadal e da Rafa Nadal Academy a todos os afetados que precisem de um local para ficar”, escreveu o tenista num comunicado publicado no início do dia nas redes sociais.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegaram o padel, o squash e o ténis de mesa. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."