Mais de cinco anos depois, Gonçalo Falcão regressa a uns quartos de final

Gonçalo Falcão 13
Fotografia: Porto Open

Oriundo da fase de qualificação, Gonçalo Falcão (1419.º) registou uma grande vitória na jornada desta quinta-feira do BTA Futures 1, qualificando-se para os quartos de final do torneio de singulares.

Era preciso recuar até março de 2013 para encontrar a última presença do tenista português de 30 anos no top 8 de um Future, quando cedeu frente a Rui Machado em Guimarães, mas hoje esse marco foi superado. Falcão eliminou de forma arrasadora o qualifier búlgaro Alexander Donski (1935.º), por 6-2 e 6-0, em apenas 1h12.

Este triunfo do tenista do CIF garante que pelo menos um português rumará às meias-finais da prova, em virtude do embate agendado para esta sexta-feira entre Gonçalo Falcão e Frederico Silva.

O primeiro de três eventos na Beloura Tennis Academy tem sido particularmente positivo para as cores portuguesas, com um total de cinco tenistas já apurados para a antepenúltima ronda (João Monteiro, Frederico Silva, Fred Gil, Tiago Cação e Gonçalo Falcão). Daniel Batista pode reforçar o contingente luso.

João Correia
Licenciado em Sociologia e Mestre em Comunicação, Cultura e Tecnologias de Informação (ISCTE). Privilegiado por viver numa das melhores eras da história da modalidade. Contacto: joaocorreia@raquetc.com