Nadal: “Grande encontro, cheio de emoção para nós e para os fãs”

Rafa Nadal 11
Fotografia: AELTC/Jed Leicester

Foi o embate do ano até ao momento: Rafael Nadal bateu Juan Martín del Potro, em cinco partidas jogadas ao cabo de 4h48, rumo às meias-finais de Wimbledon.

“É uma boa notícia eu estar nas meias-finais novamente. Grande encontro, cheio de emoção para nós os dois e para os fãs. Grandes sentimentos”, destacou o maiorquino, número 1 mundial, à conversa com a imprensa no final da contenda.

“Estou muito feliz por ter sobrevivido a muitos pontos importantes no quinto set. Creio que joguei muito bem, em vários aspetos. Em termos gerais, foi um jogo positivo, sendo que o ponto negativo foi mesmo ter estado em court quase 5 horas, quando poderia ter passado menos tempo em campo se tivesse vencido o segundo parcial (teve 4 set points)”, analisou.

Nadal recordou a forma como perdeu a segunda partida e evidenciou a dificuldade que foi eliminar del Potro. “Fiquei preocupado quando perdi o segundo set. A ganhar por 6-3 no tie-break, é verdade que ele ganhou dois grandes pontos com o seu serviço, mas eu cometi um erro crasso, com aquela dupla falta. O jogo mudou aí. Mas depois subi um pouco o nível no quarto e no quinto sets. Ele jogou muito bem no último parcial, foi muito difícil pará-lo”, referiu.

E agora vem aí Novak Djokovic.

João Correia
Licenciado em Sociologia e Mestre em Comunicação, Cultura e Tecnologias de Informação (ISCTE). Privilegiado por viver numa das melhores eras da história da modalidade. Contacto: joaocorreia@raquetc.com