Djokovic: “Penso que estou a atingir o meu pico de forma no momento certo”

1-Novak Djokovic
Fotografia: AELTC/Simon Bruty

Novak Djokovic está muito perto de regressar ao nível exibido num passado não muito distante. Esta terça-feira, nos quartos de final de Wimbledon, o sérvio, que está sedento de grandes títulos, levou de vencida o japonês Kei Nishikori, num triunfo que não oferece contestação.

“É ótimo estar nas meias-finais de um Grand Slam. Penso que estou a atingir o meu pico de forma no momento certo”, afirmou o antigo número 1 mundial, em conferência de imprensa.

Um dos momentos mais quentes do duelo que decorreu no Centre Court do All England Club aconteceu na parte inicial do segundo set, quando o árbitro de cadeira Carlos Ramos castigou o sérvio com um warning por este ter atirado a raquete ao chão — algo que deixou Djokovic fora de si.

“Creio que era desnecessário receber um warning, porque eu não estraguei a relva. Ele (Nishikori) não recebeu qualquer warning, não é justo”, comentou Djokovic, aludindo ao facto do tenista nipónico ter tido uma ação semelhante e não ter sido sancionado.

Apurado para as meias-finais do Major londrino, o três vezes campeão da prova espera por Rafael Nadal ou Juan Martín del Potro. No cômputo geral, esta é a 32.ª vez que Djokovic marca presença nesta fase de um Grand Slam, só superado por Roger Federer (44).

João Correia
Licenciado em Sociologia e Mestre em Comunicação, Cultura e Tecnologias de Informação (ISCTE). Privilegiado por viver numa das melhores eras da história da modalidade. Contacto: joaocorreia@raquetc.com