Campeão no Queen’s Club, Cilic recusa favoritismos para Wimbledon

Marin Cilic 0
Fotografia: Fever-Tree Championships

O título averbado este domingo no ATP 500 de Queen’s não faz Marin Cilic (5.º) embandeirar em arco, designadamente no que diz respeito ao torneio de Wimbledon, onde é apontado como um dos principais favoritos ao título.

“Não sei. Não estou obcecado com isso. Sinto apenas que estou a jogar muito bem e é isso que preciso de continuar a fazer. Descansar, treinar bem e fazer o que tenho a fazer em court. Joguei a um excelente nível, consegui sair vitorioso e sinto-me muito forte para encarar as próximas semanas”, disse o croata, em conferência de imprensa, depois de ter batido Novak Djokovic.

O serviço é peça-chave no jogo de Cilic, que considera que quando serve a um grande nível está mais perto da vitória. “Sinto que posso tomar as rédeas do encontro quando aumento o nível do serviço. Joguei um ótimo tie break e estive novamente muito bem no terceiro set“, analisou.

Marin Cilic subiu um posto na atualização de rankings desta segunda-feira, estando a apenas 20 pontos de distância de Juan Martín del Potro, o número 4 mundial.

Recorde-se que o croata de 29 anos foi finalista de Wimbledon em 2017, só perdendo para Roger Federer numa final em que simplesmente não conseguiu beliscar o favoritismo do suíço (6-3, 6-1 e 6-4).

João Correia
Licenciado em Sociologia e Mestre em Comunicação, Cultura e Tecnologias de Informação (ISCTE). Privilegiado por viver numa das melhores eras da história da modalidade. Contacto: joaocorreia@raquetc.com