Parece mentira, mas não é: Wawrinka fora do top 260 mundial

Stan-Wawrinka-1
Fotografia: Peter Staples/ATP World Tour

Stan Wawrinka já ganhou o Australian Open, Roland Garros e o US Open e foi duas vezes quartofinalista em Wimbledon. No total, tem 16 títulos conquistados na carreira, entre Grand Slams, ATP Masters 1000, ATP 500 e ATP 250. Além disto (como se fosse pouco), o suíço fez parte da equipa que venceu a edição de 2014 da Taça Davis. E tem, ainda, uma medalha de ouro dos Jogos Olímpicos de Pequim 2008 (juntamente com Roger Federer).

Mas esta segunda-feira, dia 11 de junho de 2018, não é um dia particularmente feliz para Wawrinka. É que em consequência dos pontos perdidos por não ter defendido nesta edição de Roland Garros a final alcançada em 2017, o helvético de 33 anos desceu de forma drástica no ranking mundial, ocupando esta semana o 263.º posto.

Antigo número 3 da hierarquia, Wawrinka não estava tão mal classificado desde o dia 11 de agosto de 2003, quando era o 284.º posicionado na tabela ATP.

“Stan the man”, que não tem pontos a defender na edição deste ano de Wimbledon (em 2017 não passou da primeira ronda), regressa à competição na próxima semana, para disputar o ATP 500 do Queen’s Club (18 a 24 de junho), em Londres.

Fonte: Site do ATP World Tour
João Correia
Licenciado em Sociologia e Mestre em Comunicação, Cultura e Tecnologias de Informação (ISCTE). Privilegiado por viver numa das melhores eras da história da modalidade. Contacto: joaocorreia@raquetc.com