Estreia de Bernardo Saraiva em Tel Aviv não foi feliz

Bernardo-Saraiva-

Sensivelmente um mês depois de ter disputado o seu último encontro no circuito da Federação Internacional de Ténis, em Jerba (Tunísia), Bernardo Saraiva (730.º) regressou esta terça-feira aos courts, porém sem o sucesso desejado.

O português de 24 anos, que ao longo dos tempos tem tido mais motivos para festejar quando joga pares (só este ano já conquistou 3 títulos), despediu-se na manhã de hoje com uma derrota frente ao britânico Luke Johnson (771.º), por 7-6(3) e 6-4, na primeira ronda do Future de 25 mil dólares de Tel Aviv, em Israel.

Em termos individuais esta época não tem sido particularmente feliz para Bernardo Saraiva, que soma apenas três vitórias em quadros principais — todas em torneios de 15 mil dólares.

Assim sendo, e já sem aspirações no torneio de singulares, o tenista português continuará a competir esta semana no Clube de Ténis de Maccabi Tzafon, mas somente na variante de pares, onde faz equipa com o francês Sebastien Boltz.

A dupla luso-francesa, que tem o estatuto de cabeça de série número 4, vai a jogo na jornada de hoje, tendo como adversários Arthur Rinderknech & Barnaby Smith.

João Correia
Licenciado em Sociologia e Mestre em Comunicação, Cultura e Tecnologias de Informação (ISCTE). Privilegiado por viver numa das melhores eras da história da modalidade.