Cidade do Porto recebe curso de treinadores com Toni Nadal como cabeça de cartaz

Toni Nadal

Entre os dias 18 e 20 de maio, o Centro Desportivo do Politécnico do Porto vai receber o primeiro curso de treinadores de nível C organizado pela Global Professional Tennis Coach Association (GPTCA). O evento é aguardado com grande expetativa atendendo ao programa e lista de convidados e conta com o Raquetc como media partner.

A GPTCA é uma organização internacional dedicada à educação, treino e acompanhamento a treinadores profissionais de ténis que tenham como objetivo chegar ao nível dos circuitos ATP e WTA. Foi fundada em 2010 por 49 treinadores do circuito num encontro em Nova Iorque e é presidida por Alberto Castellani, que disputou mais de 250 torneios profissionais e já trabalhou com jogadores como Marc Rosset, Janko Tipsarevic e Ivo Karlovic. Atualmente, acompanha Damir Dzumhur.

Para além de Castellani, fazem parte da direção da GPTCA o ex-número 5 mundial Reiner Schuettler, o treinador Dirk Hordorff e ainda Toni Nadal, o tio do tenista maiorquino que será precisamente um dos convidados do curso que se vai realizar na cidade do Porto — e que será o primeiro curso de nível C organizado pela GPTCA, a única associação no mundo a oferecer cursos certificados pela Associação dos Tenistas Profissionais (ATP).

A organização do evento está a cargo de Pancho Campo e a sua empresa, Chrand Marketing & Events, e oCentro Desportivo do Politécnico do Porto. Entre as várias fases do programa destacam-se sessões especiais conduzidas por Toni Nadal e que são destinadas a jogadores, treinadores, pais e entusiastas do ténis em geral. Nelas, o tio mais famoso do circuito ATP falará de como Rafael Nadal se tornou num dos melhores tenistas de todos os tempos, como enfrenta e lida com o stress e “muitos outros temas interessantes relacionados com o desenvolvimento de um jogador.”
Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegaram o padel e o squash. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."