del Potro aproxima-se do top 5; Raonic de volta aos 25 primeiros

del-Potro-IW.
Fotografia: BNP Paribas Open

Depois de duas semanas de muita ação no Indian Wells Tennis Garden, é tempo para uma atualização nas hierarquias mundiais de ténis. O BNP Paribas Open coroou Juan Martin del Potro como vencedor – derrotou Roger Federer na final – e assistiu a presenças surpresa nas meias-finais, como foi o caso de Borna Coric e Milos Raonic.

Juan Martin del Potro está a fazer o seu grande regresso depois de vários meses lesionado no pulso e diversas operações, e nada melhor do que conquistar o seu primeiro título em torneios da categoria ATP Masters 1000, derrotando o número um da hierarquia, e atingir o 6.º posto no ranking ATP. A ‘Torre de Tandil’ ascendeu dois lugares, fruto deste grande resultado. Desde o dia 2 de março de 2014 que não se encontrava no top 6.

Milos Raonic atingiu as meias-finais em Indian Wells depois de um início de temporada meio atribulado. Ainda só tinha alcançado segundas rondas dos torneios em que participou, ficando pela segunda ronda no Australian Open. O canadiano, que já foi o terceiro melhor jogador do mundo, encontra-se esta semana na 25.ª posição, depois de escalar 13 postos.

Borna Coric é outro grande destaque da atualização desta segunda-feira. Ao atingir as suas primeiras meias-finais em torneios da categoria ATP Masters 1000, o jovem croata subiu tantas posições como Raonic e encontra-se no 36.º lugar, a três postos da sua melhor classificação de sempre – 33.º, em 27 de julho de 2015.

Nota ainda para Lucas Pouille, que se estreia no lote dos dez primeiros, e para Sam Querrey, que depois de atingir os quartos de final no torneio norte-americano, regressa ao top 15.

1. Roger Federer (Suíça), 9.660 pontos
2. Rafael Nadal (Espanha), 9.370 pontos
3. Marin Cilic (Croácia), 4.905 pontos
4. Grigor Dimitrov (Bulgária), 4.600 pontos
5. Alexander Zverev (Alemanha), 4.505 pontos
6. Juan Martin del Potro (Argentina), 4.155 pontos
7. Dominic Thiem (Áustria), 3.675 pontos
8. Kevin Anderson (África do Sul), 3.235 pontos
9. David Goffin (Bélgica), 3.190 pontos
10. Lucas Pouille (França), 2.420 pontos
(…)

14. Sam Querrey (Estados Unidos da América), 2.265 pontos
25. Milos Raonic (Canadá), 1.630 pontos
36. Borna Coric (Croácia), 1.366 pontos

Portugueses:

Boas notícias chegam a Portugal de Indian Wells. Depois de uma ‘vitória suada’ de João Sousa face a Alexander Zverev, o Conquistador ascende cinco lugares e regressa ao top 80 da classificação mundial (80.º). Já no sentido inverso seguiu Gastão Elias, que perdeu apenas uma posição face à última atualização da classificação (106.º). O número 2 nacional estreia-se esta segunda-feira na fase de qualificação do Masters de Miami.

Destaque para Frederico Silva que se aproxima cada vez mais do regresso ao lote dos primeiros 300 jogadores no ranking. O tenista que venceu os torneios Future de Vale do Lobo e Loulé aparece esta semana no 318.º lugar, fruto de uma subida de 19 postos. No início do ano, Frederico Silva era o 355.º melhor jogador do ranking ATP.

Clique aqui para consultar o ranking ATP dos portugueses.

Pedro Cunha
O ténis apareceu na minha vida como apenas mais um desporto mas rapidamente o cheiro das bolas e o pó cor de laranja da terra batida onde pratico tornaram a minha vida melhor. Desde o som das pancadas, ao simples abrir de uma lata nova de bolas, tudo neste desporto tem encanto.