Roger Federer: “Adorava jogar contra o Rafa em terra batida à melhor de cinco sets”

Roger Federer

Para já, os olhos estão postos em Indian Wells, Miami e uma viagem pela sua Fundação, mas Roger Federer já pensa na temporada de terra batida e na eventualidade de a jogar. De tal forma que, em conferência de imprensa depois de derrotar Federico Delbonis, falou de Rafael Nadal.

“Só vou decidir depois de Miami se jogo ou não em terra batida, mas a acontecer não devo jogar logo no início, isto é, no Mónaco”, começou por dizer o atual número 1 do mundo, que depois partilhou um desejo surpreendente: “Adorava jogar contra o Rafa em terra batida num encontro à melhor de cinco sets, gostava de saber o que é que aconteceria mas não há garantia nenhuma de que lhe consiga ganhar. É o jogador a bater e o melhor de todos os tempos em terra.”

As declarações de Federer acontecem dias depois de, já em Indian Wells, ter confessado ser “um jogador de terra batida”, que gosta de jogar na superfície e tem, inclusive, saudades de o fazer.

Para já, os fãs terão de esperar para saber se este ano o poderão ver no pó de tijolo, mas com a estratégia de 2017 a ter dado resultado (saltou a ida a Paris e restantes torneios disputados na superfície e acabou a vencer em Halle e Wimbledon), as probabilidades voltam a ser poucas.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tiebreak. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegou o padel, o squash e o ténis de mesa. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."