João Sousa fora do top 80; Bautista Agut regressa aos vinte primeiros

João Sousa
Fotografia: Photosport

Foi na semana passada que decorreram os torneios ATP 500 de Acapulco e Dubai e o ATP 250 de São Paulo. Dos dois primeiros saíram vencedores Juan Martin del Potro e Roberto Bautista Agut, respetivamente. Já no último, foi o italiano Fábio Fognini quem conquistou o tão desejado troféu.

Um dos grandes destaques desta semana no ranking ATP é Roberto Bautista Agut, que conquistou este sábado o troféu mais importante da sua carreira. O título no Dubai junta-se ao troféu averbado em Auckland no início da temporada e impulsiona Bautista Agut para o 16.º lugar na hierarquia masculina.

Outra mudança no ranking que merece destaque – esta é a maior movimentação da semana – é o salto de Malek Jaziri do 117.º lugar para o 84.º. O tunisino atingiu as meias-finais no Dubai e está agora de volta ao top 100.

Juan Martin del Potro foi campeão no torneio de Acapulco e “roubou” o 8.º lugar da classificação a Kevin Anderson, que curiosamente foi o finalista vencido. O argentino conquistou o seu título mais importante em cerca de quatro anos.

Nicolas Jarry, finalista em São Paulo, Jared Donaldson, semifinalista em Acapulco, e Stefanos Tsitsipas, quartofinalista no Dubai, apresentaram também grandes subidas fruto das suas excelentes prestações nos torneios decorridos na semana passada.

1. Roger Federer (Suíça), 10.060 pontos
2. Rafael Nadal (Espanha), 9.460 pontos
3. Marin Cilic (Croácia), 4.870 pontos
4. Grigor Dimitrov (Bulgária), 4.635 pontos
5. Alexander Zverev (Alemanha), 4.540 pontos
6. Dominic Thiem (Áustria), 3.810 pontos
7. David Goffin (Bélgica), 3.280 pontos
8. Juan Martin del Potro (Argentina), 3.200 pontos
9. Kevin Anderson (África do Sul), 3.080 pontos
10. Jack Sock (Estados Unidos da América), 2.650 pontos
(…)

16. Roberto Bautista Agut (Espanha), 2.255 pontos
48. Jared Donaldson (Estados Unidos da América), 1.038 pontos
61. Nicolas Jarry (Chile), 872 pontos
71. Stefanos Tsitsipas (Grécia), 756 pontos

Portugueses:

O grande destaque entre os portugueses é João Sousa, que se encontra fora do top-80 pela primeira vez desde o dia 22 de setembro de 2013, antes de conquistar o primeiro título de um português no ATP World Tour. Na atualização desta semana, o português mais bem cotado de sempre surge na 85.ª posição do ranking ATP.

Destaque ainda para João Domingues e Frederico Silva. João Domingues ultrapassou a fase de qualificação do torneio ATP 250 de São Paulo para chegar à segunda ronda de um torneio do ATP World Tour pela segunda vez na sua carreira – no ano passado atingiu a segunda ronda do Millennium Estoril Open. Esta segunda-feira, o quarto português na classificação mundial masculina encontra-se no 179.º lugar, depois de escalar 15 posições.

Frederico Silva vê serem-lhe contabilizados os pontos referentes à conquista do título no Future de Vale do Lobo no dia 25 de fevereiro. Com estes pontos somados, o ex-top 300 ATP sobe para a 337.ª posição.

Clique aqui para consultar o ranking ATP dos portugueses.

Pedro Cunha
O ténis apareceu na minha vida como apenas mais um desporto mas rapidamente o cheiro das bolas e o pó cor de laranja da terra batida onde pratico tornaram a minha vida melhor. Desde o som das pancadas, ao simples abrir de uma lata nova de bolas, tudo neste desporto tem encanto.