Portugal 0-1 Suécia: Francisca Jorge não resiste à número dois sueca

Fotografia: Jorge Cunha/AIFA

As contas da manutenção não estão fáceis para Portugal. Depois de alcançar a primeira vitória da carreira na Fed Cup na quinta-feira, Francisca Jorge (796.ª) foi pela terceira vez em outras tantas possíveis a primeira aposta de Neuza Silva. No entanto e tal como no primeiro jogo, desta vez a portuguesa não conseguiu levar o encontro a bom porto.

A tenista lusa de apenas 17 anos não conseguiu dar o primeiro ponto da luta pela manutenção do Grupo I da Fed Cup a Portugal frente à Suécia, cedendo pelos parciais de 6-2 e 6-2 perante a segunda melhor cotada da equipa nórdica, Cornelia Lister (418.ª).

A derrota da Campeã Nacional Absoluta complica, e muito, as contas portuguesas. A equipa lusa está agora obrigada a vencer os próximos dois jogos de maneira a conseguir a manutenção no Grupo I.

Contudo, a tarefa não se adivinha nada fácil e vai ser preciso que as lusas estejam no seu melhor para o conseguirem. Maria João Koehler (747.ª) tem de vencer Rebecca Anderson (137.ª) e de seguida Francisca Jorge e a portuense terão de derrotar o par constituído por Jacqueline Cabaj Awad e Mirjam Bjorklund.

Francisco Semedo
A tirar a licenciatura em Turismo na Universidade Europeia, desde cedo se interessou pelo ténis. Começou aos 9 e desde então tem um olhar atento e constante de tudo o que se passa naquela que considera ser a melhor modalidade a todos os níveis.