Maria João Koehler repete meias-finais no Lisboa Women’s Open

Maria João Koehler dá-se bem nos ares do Lisboa Racket Centre e, depois das meias-finais na primeira edição do Lisboa Women’s Open, a portuguesa garantiu esta sexta-feira novamente lugar na penúltima fase.

No terceiro encontro dos quartos de final agendados para esta sexta-feira, a ex-número 102 mundial ainda “tremeu” no segundo parcial, mas reagiu bem a tempo de derrotar a italiana Maria Masini (que aos 23 anos é a número 950 do mundo). Assim, a vitória sorriu à portuense ao cabo de 1h34 e com os parciais de 6-0, 2-6 e 6-2.

Garantida que está a vitória naqueles que foram os seus sextos quartos de final na presente temporada, Maria João Koehler vai agora tentar melhorar o registo da edição inaugural do torneio, em que foi derrotada precisamente nas meias-finais.

Para isso, a atual 823.ª terá de derrotar ou Nuria Parrizas-Diaz (primeira cabeça de série) ou Maria Jose Luque Moreno — oitava e campeã em título.

Mais logo, nunca antes das 18h00, Inês Murta vai entrar em campo para discutir o título de pares. A algarvia e a espanhola Alba Carrillo Marín defrontam a dupla formada pela checa Karolina Berankova (eliminou Francisca Jorge na jornada de hoje) e pela húngara Adrienn Nagy.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegaram o padel e o squash. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."