Garbiñe Muguruza inicia 2022 com apuramento para os ‘quartos’ em Sydney

A temporada de 2022 arrancou na madrugada desta quarta-feira para Garbiñe Muguruza. A tenista espanhola, terceira classificada no ranking WTA, estreou-se na nova época com o apuramento para os quartos de final do WTA 500 de Sydney, depois de ter beneficiado de um bye na ronda inaugural.

Em encontro da segunda eliminatória, Muguruza precisou de uma hora e 26 minutos para se desenvencilhar da russa Ekaterina Alexandrova (40.ª WTA) com os parciais de 6-1 e 7-6[4]. A tenista espanhola, mas nascida em Caracas, entrou de forma autoritária no encontro e teve depois de assistir à reação de Alexandrova, que conseguiu conter para fechar o embate em sets diretos.

Num primeiro parcial que durou menos de 30 minutos, Muguruza apresentou um nível muito alto. A tenista de 28 anos venceu os primeiros 13 pontos do encontro, o que lhe permitiu abrir uma vantagem de *0-3 e 0-15. Alexandrova conseguiu depois vencer o primeiro ponto no encontro, mas não impediu uma segunda quebra de serviço por parte de Muguruza.

A russa teve o primeiro break point no jogo seguinte, mas Muguruza não teve problemas em anulá-lo e avançar para o 5-0. Só nessa altura é que Alexandrova conseguiu fazer mais do que vencer alguns pontos e selou um jogo de serviço em branco para impedir o “pneu”.

No segundo set, a tenista russa apareceu mais ativa e capitalizou na primeira oportunidade para chegar a uma vantagem de 2-0. Muguruza, no entanto, não deu descanso à adversária e fez de imediato o contra-break para deixar tudo igual. O set seguiu empatado até à reta final e Alexandrova ficou muito perto de forçar uma terceira partida, mas desperdiçou cinco set points quando Muguruza servia a 4-5. O set seguiu para o tiebreak e a espanhola quase desperdiçou uma vantagem de 6-1, mas confirmou o triunfo ao quarto match point.

Apurada para os primeiros quartos de final do ano, Garbiñe Muguruza tem agora mais uma tenista russa à espera: Daria Kasatkina (26.ª WTA). A tenista de 24 anos derrotou Elise Mertens (20.ª WTA) por 6-3 e 6-4.

Badosa trava estrela da casa rumo aos quartos de final

Também apurada para os quartos de final está Paula Badosa, número nove mundial e quinta favorita ao título em Sydney. Num jogo disputado já durante a manhã em Portugal Continental e em condições indoor, já que a chuva fez uma aparição e obrigou ao encerramento da cobertura amovível do court, a espanhola derrotou Ajla Tomljanovic (45.ª WTA) por 6-3 e 6-4.

O encontro foi recheado de quebras de serviço e ambas as tenistas demonstraram dificuldades com a segunda bola, pelo que as percentagens de pontos ganhos com o segundo ‘saque’ foram baixas em ambos os lados. Ainda assim, Badosa acabou por ser mais forte e venceu em sets diretos.

A tenista de 24 anos fez o primeiro break logo no jogo inaugural, mas sofreu de imediato o contra-break. Mais tarde, Badosa voltou ao ataque e venceu quatro jogos consecutivos para passar a liderar por 5-2. A servir para o set, a espanhola sofreu o break, mas respondeu de imediato na mesma moeda e adiantou-se no marcador.

As quebras de serviço continuaram depois a aparecer com frequência na segunda partida. Tomljanovic foi a primeira, logo a abrir, mas Badosa não só fez o contra-break, como venceu três jogos consecutivos para liderar por 3-1, com break à maior. Porém, Tomljanovic respondeu na mesma moeda, fez o contra-break e uma segunda quebra de serviço para passar a liderar por 4-3. A toada de parada e resposta permaneceu e Badosa voltou a alinhar três jogos de uma assentada para não só recuperar o break de atraso, como vencer o jogo.

A tenista espanhola é agora a única que ainda não tem adversária definida nos quartos de final. O embate entre Oceane Dodin (96.ª WTA) e Belinda Bencic (23.ª WTA) foi interrompido pela chuva e só vai ser concluído esta quinta-feira. Na altura da interrupção, Bencic preparava-se para servir a 6-5 para tentar empatar a partida, depois de Dodin ter vencido o primeiro set por 6-2.

Apurada ainda para os quartos de final está a checa Barbora Krejcikova (4.ª WTA), terceira cabeça de série. A tenista de 26 anos derrotou Jaqueline Cristian (73.ª WTA) por 6-1 e 7-5 e vai defrontar Caroline Garcia (75.ª WTA), que beneficiou do walkover de Elena Rybakina (13.ª WTA) para se apurar sem jogar. O último embate dos quartos de final opõe Anett Kontaveit (7.ª WTA) — derrotou Elena Gabriela Ruse (82.ª WTA) por 6-3 e 6-1 — a Ons Jabeur (10.ª WTA), que travou Petra Kvitova (21.ª WTA) com parciais de 6-4 e 6-4.


Total
14
Shares
Total
14
Share