Chun-hsin Tseng é o adversário de Nuno Borges na final do Maia Open II

Sara Falcão/FPT

MAIA — Uma semana depois, Chun-hsin Tseng (232.º ATP) voltou a derrotar Andrej Martin (118.º), desta vez por 6-1 e 6-2, e selou o segundo apuramento consecutivo para uma final do ATP Challenger Tour na Maia, cidade em que terá mais uma oportunidade de conquistar o primeiro título da carreira. Mas para isso terá de passar pela estrela da casa, Nuno Borges.

Em apenas 58 minutos, Tseng arrasou o primeiro cabeça de série, que apesar de na véspera ter deixado garantias de estar extremamente motivado para a desforra não conseguiu estar disponível mentalmente e nunca conseguiu ter soluções. Apressado, desconcentrado e errático, Martin foi pobre na colocação de primeiros serviços (56%), na conversão desses pontos (61% e 28% no segundo “saque”) e no aproveitamento das raras oportunidades de break que criou (0-3), abrindo a porta a uma vitória de sentido único.

A final deste domingo, marcada para as 11 horas, será o segundo encontro da história entre Chun-hsin Tseng e Nuno Borges. Em 2018, o ano em que enquanto júnior disputou a final do Australian Open, venceu Roland-Garros e Wimbledon e ainda atingiu as meias-finais do US Open, o tenista do Taipé levou a melhor por 6-3 e 6-4 na final do ITF de 15.000 dólares da Póvoa de Varzim, em piso rápido ao ar livre.

Enquanto Tseng estará à procura do primeiro título da carreira no ATP Challenger Tour (0-2 em finais), Nuno Borges tentará conquistar o segundo troféu de campeão em três finais disputadas — todas em 2021 —, esta a mais importante por ser a primeira num torneio de categoria 80.


Total
2
Shares
Total
2
Share