João Domingues perde batalha de três sets na despedida de 2021

Sara Falcão/FPT

MAIAJoão Domingues (248 do ranking ATP) esteve perto de uma grande recuperação na primeira ronda do Maia Open II, mas terminou a perder por 6-3, 5-7 e 6-3 frente ao dominicano Nick Hardt (348.º)

Face a um opositor que o tinha derrotado há duas semanas, no Challenger de Antália, João Domingues sabia que a tarefa de repetir a segunda ronda de há uma semana seria difícil. Pior ficou quando não aproveitou algumas chances iniciais e saiu derrotado do primeiro set.

Parecia tudo encaminhado para novo triunfo em parciais diretos, mas quando Hardt servia a 6-3, 5-4, Domingues alinhou três jogos consecutivos para roubar o set e forçar a reviravolta.

Só que quando podia embalar para a vitória, o menos cotado foi capaz de quebrar o oliveirense logo no jogo inaugural (e em branco) e nunca deu a ideia de estar em perigo na decisão, já que foi Hardt o único a dispor de oportunidades de break.

Nick Hardt segue, assim, para a segunda ronda da prova – mostrando várias vezes boa qualidade técnica no embate e um ténis ofensivo com muitas subidas à rede, beneficiando também do posicionamento recuado do português – e vai defrontar o marroquino Elliot Benchetrit.

Já João Domingues dá por encerrada uma temporada marcada por poucos momentos para recordar, fruto das lesões que nunca o largaram, e vai agora concentrar-se na preparação para o qualifying do Open da Austrália, onde está apenas três lugares fora dos apurados, tendo, portanto, a entrada praticamente assegurada.


Total
14
Shares
Total
14
Share