Duarte Vale cai à porta do quadro principal do segundo Maia Open

Beatriz Ruivo/FPT

MAIA — Depois de Luís Faria, também Duarte Vale (número 751 ATP) foi derrotado na segunda e última ronda do qualifying do Maia Open II, ao perder por 6-4 e 6-3 com o alemão Elmar Ejupovic (436.º).

A competir pela segunda semana consecutiva no ATP Challenger Tour, o jovem português de 22 anos chegou ao duelo com a primeira vitória da carreira a este nível e procurava a segunda, mas não conseguiu quebrar o ténis potente de Ejupovic.

Tendo o serviço como uma das suas principais armas, o alemão (que na última semana deu muito trabalho a Nuno Borges na primeira ronda) só por uma vez enfrentou um ponto de break e Vale até conseguiu convertê-lo. Mas nos jogos de resposta Ejupovic fez uso do peso de bola para obrigar o português a recuar rapidamente no court e alcançou 10 oportunidades de break, das quais converteu seis.

As derrotas de Luís Faria e Duarte Vale deixaram o qualifying do Maia Open II sem vencedores portugueses. Assim, e a não ser que um deles entre como lucky loser, irão a jogo no quadro principal sete jogadores da casa: Nuno Borges, Gastão Elias, João Domingues e Gonçalo Oliveira estão entre os cabeças de série e Tiago Cação, Pedro Araújo e Fábio Coelho receberam wild cards.


Total
20
Shares
Total
20
Share