Martin e Coppejans nos quartos de final do Maia Open sem acidentes

Sara Falcão/FPT

MAIA — Tal como na primeira jornada, Andrej Martin e Kimmer Coppejans — os dois primeiros cabeças de série — apuraram-se esta quarta-feira para os quartos de final de singulares do Maia Open I com vitórias em duas partidas.

No último encontro do dia, o eslovaco Martin (121.º do ranking e único jogador do top 200 inscrito no torneio) derrotou Elliot Benchetrit (400.º) por 6-2 e 7-6(0). Depois de um primeiro parcial de sentido único, que dominou graças a três quebras de serviço, Martin viu Benchetrit complicar-lhe mais a tarefa no segundo, mas foi o primeiro a quebrar e pareceu embalado para a vitória. No entanto, o marroquino ganhou uma segunda vida, recuperou do break de atraso e conseguiu forçar um tie-break, em que implodiu e acabou por se despedir da prova.

Nos quartos de final, Andrej Martin vai defrontar o alemão Louis Wessels (380.º), que superou o espanhol Oriol Roca Batalla (394.º) por 3-6, 6-2 e 6-2.

Antes, Kimmer Coppejans também seguiu em frente ao confirmar o estatuto de segundo pré-designado com um triunfo por 6-2 e 6-1 sobre Miguel Damas (763.º). O tenista belga, número 207 ATP, ainda não cedeu qualquer jogo de serviço na terra batida do Complexo Municipal de Ténis da Maia.

Ao contrário de Martin, Coppejans terá de aguardar para conhecer o próximo adversário, que sairá do duelo entre Nuno Borges e o turco Aziz Dougaz. O maiato foi um dos dois portugueses que avançaram na jornada desta quarta-feira, ao recuperar da desvantagem de um set para vencer Elmar Ejupovic por 1-6, 6-3 e 6-4.

Gastão Elias foi outro dos jogadores a superar a primeira eliminatória, ao vencer Eduard Esteve Lobato por 6-4 e 6-2, e tal como ele também avançaram Geoffrey Blancaneaux (6-3, 3-6 e 6-2 a Nikolas Sanchez Izquierdo), Chun-hsin Tseng (6-4 e 6-1 frente a Oscar Moraing) e Calvin Hemery, responsável pela eliminação de Pedro Araújo (6-3 e 6-1).


Total
46
Shares
Total
46
Share