João Domingues regressa ao Maia Open com uma reviravolta in extremis

Fernando Correia/Millennium Estoril Open

MAIAJoão Domingues (248.º do ranking ATP) registou a segunda vitória portuguesa no quadro principal de singulares do Maia Open I ao recuperar da desvantagem de um set para derrotar Mathieu Perchicot (436.º) pelos parciais de 2-6, 7-6(2) e 6-1.

Depois de uma entrada apática, em que esteve muito longe do seu melhor ténis, o tenista de Oliveira de Azeméis conseguiu elevar o nível a tempo de salvar a segunda partida (na qual esteve a perder por 1-4 com dois breaks) e o encontro. A recuperação foi consumada em 2h08, já com Domingues em total controlo do duelo.

Semifinalista da edição inaugural do Maia Open, em 2019, João Domingues — que é o quarto cabeça de série — vai discutir o apuramento para os quartos de final com o vencedor do encontro entre o compatriota Pedro Araújo e o francês Calvin Hemery, marcado para quarta-feira.

Antes do oliveirense, também Gonçalo Oliveira já tinha carimbado o acesso à segunda eliminatória de singulares do primeiro Maia Open, enquanto Duarte Vale ficou pelo caminho no encontro inaugural da jornada.


Total
2
Shares
Total
2
Share