Gonçalo Falcão sofre reviravolta e é eliminado do Maia Open

MAIAGonçalo Falcão (1406 do ranking ATP) saiu derrotado na primeira ronda do qualifying do Maia Open após desaire frente ao belga Benjamin Dhoe (793º) pelos parciais de 2-6, 6-3 e 6-2.

Após um início de rompante do lisboeta (abriu o duelo com 5-0), o belga começou a entrar no encontro, equilibrou a contenda, e foi com apenas um break que decidiu o segundo parcial. A chave acabou por ser o nono e último jogo, quando Dhoe serviu para encerrar o set, já que Falcão recuperou de um 40-0 e dispôs de um break point, mas a corda da raqueta partiu na resposta e hipotecou as suas chances.

Chegada a hora da decisão, sucedeu-se o oposto do início do embate: foi o mais cotado a conseguir uma vantagem folgada (4-0) e carimbou o acesso à ronda de apuramento para o quadro principal, onde irá defrontar o italiano Lorenzo Bocchi, carrasco de Henrique Petiz minutos antes.

Finda a participação em singulares, Gonçalo Falcão tem agora a competição de pares para disputar neste primeiro Maia Open, com Duarte Vale como parceiro. Recorde-se que Falcão é o 423 do mundo na variante e é o quinto melhor classificado entre os portugueses.


Total
2
Shares
Total
2
Share